Santo Antônio do Pinhal lança Campanha sobre Separação Correta de Recicláveis

A produção de lixo é um dos maiores problemas da sociedade. Reduzir o volume de quase 20 toneladas de lixo produzido por semana, separando o reciclável, é uma meta da Estância Turística e Climática de Santo Antônio do Pinhal-SP, que é uma APA (Área de Proteção Ambiental).
Com esse objetivo a Prefeitura, em parceria com a empresa Valle Ambiental, está com a “Campanha de Separação do Lixo Reciclável - Vamos deixar os recicláveis limpos e separados?”.
A campanha começou nesta quinta-feira (22) levando conhecimento e informações para os alunos da rede municipal de ensino. Educadores ambientais falaram com os estudantes, com palestras no Auditório Municipal, sobre reciclagem, destinação correta do lixo e compostagem.
“Infelizmente muitas pessoas, comerciantes e donos de pousadas ainda misturam resíduos que são recicláveis com o lixo orgânico. Se fizer a separação o município consegue reduzir o volume de lixo que vai para o aterro e ampliar a coleta seletiva”, explicou o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelo Kawakami.
O material distribuído aos estudantes explica que os recicláveis devem estar limpos, preferencialmente. A coleta dos recicláveis é feita logo após a coleta do lixo doméstico e atende as regiões central e rural.
Todas as informações estão no folder e também disponibilizadas no site da Prefeitura, incluindo a rota da coleta em todos os bairros.
O município colocou faixas em vários pontos da cidade alertando sobre a campanha, distribuiu folders e está divulgando a campanha no site e nas redes sociais da Prefeitura.


MEIO AMBIENTE - Santo Antônio do Pinhal tem o título de uma das mais importantes estâncias climáticas do Estado de São Paulo e possui extensa área natural protegida e destinada à conservação da fauna e da flora, e também da cultura local. “Preservar e proteger a nossa casa é uma obrigação de toda a sociedade”, disse Marcelo.
As políticas de proteção do ecossistema contribuem com o incentivo do turismo gerando recursos e qualidade de vida para a comunidade local.


POR QUÊ SEPARAR O LIXO?
Separar lixo orgânico do reciclável reduz o impacto no meio ambiente, gera economia no serviço e proporciona trabalho para quem faz a coleta dos materiais. Os resíduos recicláveis são reaproveitados, ou seja, não vão para o aterro junto com o lixo orgânico.
O lixo orgânico manipulado corretamente, por meio de processos chamados de compostagem e biodigestão, pode se transformar em biofertilizante e biogás.

FOLDER da Campanha + ROTA da Coleta

 

post sociais