width=1024


Santo Antônio do Pinhal recebe a Mostra de Dança do Programa de Qualificação em Artes reúne diversas companhias para apresentações gratuitas em Santo Antônio do Pinhal (SP)


Grupos apresentam espetáculos de dança que abordam temas como a resistência e a condição feminina contemporânea, além de traduzir obra literária por meio da linguagem cênica



A Mostra de Dança do Programa de Qualificação em Artes, das Oficinas Culturais – programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis –, traz dez companhias de dança e suas montagens cênicas para Santo Antônio do Pinhal (SP), entre os dias 18 e 20 de outubro. Seis delas apresentam seus espetáculos de forma gratuita e aberta ao público no Auditório do Centro Educacional Integrado, no centro da cidade.

 

No mesmo local, o Compartilhamento de Processo 2019, formado por etapas de aprendizagem, aperfeiçoamento e criação, completa a programação com a mesa “A experiência da Orientação no Programa de Qualificação em Artes – Dança” para mais de 10 grupos de dança que participam da ação e para artistas orientadores do Programa.

 

Esse debate mediado pela Profª Drª do Instituto de Artes (IA) da Unicamp e consultora artístico-pedagógica do Qualificação em Artes em Dança, Cássia Navas, no dia 19 de outubro, sábado, às 10h, abordará a experiência da orientação aplicada por artistas orientadores, diretores e coreógrafos de companhias e coletivos que passam pelo Programa.

 

Em 19 e 20 de outubro, os espectadores podem prestigiar seis espetáculos de dança que trazem diversos aspectos para reflexão, como a resistência, a fragilidade do que se mostra como obrigatório e a condição feminina na contemporaneidade. Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados uma hora antes de cada apresentação. A classificação quanto à faixa etária varia entre livre e 12 anos.

 

Cássia Navas, consultora artístico-pedagógica do Qualificação em Artes em Dança, destaca que esta edição “é um raro encontro entre modos diferentes do fazer arte e também partilha artística com o público, o qual terá contato com a diversidade da dança, num arco que vai do balé às danças urbanas.”

 

Veja, a seguir, a programação completa da Mostra de Dança:

 

Sábado, 19 de outubro:

Les Sylphides

Corpo de Baile Jovem (Itanhaém)

19h | Classificação: Livre | Duração: 30 minutos

 

Les Sylphides, balé em um ato, com música de Frédéric Chopin e coreografia original de Michel Fokine, não segue uma história. Inspira-se no devaneio de um poeta entre as figuras etéreas das Sylphides do bosque. A remontagem foi baseada na versão do American Ballet Theatre.

 

Orientação artística: Esmeralda Gazal | Consultoria: Glauco Fernando | Direção e Coreografia (remontagem): Lenisa Rocha | Figurino: Leandra Barbosa | Iluminação: Yara Leite | Sonoplastia: Adriana Amorim | Elenco: Ana Clara Ferderle, Ana Clara Santos, Ana Carolina Marinho, Beatriz Dias, Clara Macedo, Derick Zechinatto, Eloá Ortiz, Geovanna Mota, Geovanna Gomes, Isabelle Vieira, Izabela Correia, Julia Tineu, Laryssa Aparecida, Layne Santos, Loraine Souza, Manuela Santos, Martchella de Cola, Raphaelly Gouveia, Sthephanie Szabo, Victoria Ricomini.



Parada Obrigatória

Cia de Dança Olmos Ballet (Campinas)

19h | Classificação: Livre | Duração: 40 minutos

 

Ruídos e sons da cidade, fluxos, vida, morte, parada. A parada obrigatória é mesmo obrigatória? Continuar parado é mesmo o fim ou uma passagem? Este espetáculo propõe uma reflexão sobre as paradas obrigatórias da vida e suas continuidades.

 

Orientação artística: Melina Scialom | Direção e Coreografia: Vanessa França | Produção: Fernanda Olmos | Figurino: Danilo Coelho | Iluminação: Danilo Coelho | Sonoplastia: Vanessa França | Elenco: Amanda Araujo, Andréa Pereira, Bianca Alves, Carolina Neves, Junior Marmo, Letícia Bergamo, Naiara Chrestan, Yure Paes.

 

B.XU

Funk-E (Campinas)

19h | Classificação: 12 anos | Duração: 40 min



Afinal, que bicho é você? Resistindo numa sociedade divergente, sujeitxs tentam exercer a sua diversidade. Somos bichos estranhos? Cada intérprete apresenta em seu corpo uma encruzilhada entre Bicho e Homem com seus instintos aguçados e prontos para defender seu território, sua história, sua luta e sua dança.

 

Direção e coreografia: Gi Sartori | Orientação artística: Kleber Lourenço | Sonoplastia: Gi Sartori | Iluminação: Matheo Ferreira | Figurino: Gi Sartori | Dançarinos-criadores: Carla Ramos, Jhany Grecia, Jhow Carter, Juliana Cruz, Maria Renara, Maicon Douglas, Pedro Guilherme, Victor Sartori, Vitoria Gomes e Washington Junior.

 

Domingo, 20 de outubro:

sEUss

Ò1É (Valinhos)

11h | Classificação: Livre | Duração: 50 min

 

Baseado na obra Ah, os lugares aonde você irá! do escritor e cartunista norte-americano Dr. Seuss, o espetáculo de dança sEUss é uma aventura de tradução da linguagem literária em linguagem cênica.

 

Orientação artística: Ana Clara Amaral | Direção: Marol Andrade | Coreografia: Marol Andrade | Produção: Ó1É Cia de Dança | Cenografia: Claiton Andrade e Carlos Reis | Figurino: Espaço da Costura Neuza | Iluminação: Danilo Coelho | Sonoplastia: Marol Andrade | Intérpretes Colaboradores: Ana Cláudia Alves Martins, Douglas Fernandes, Flávio Calefi, Jenifher Ferreira, Julia Galvão, Lara David, Lívia Porto, Nandara Davoli, Sara Reis, Yasmin Almeida | Apoio: Prefeitura Municipal de Valinhos e Secretaria de Cultura.



Para Aquilo Que Não Tem Nome

Oficina de Dança (Botucatu)

17h | Classificação: 12 anos | Duração: 30 minutos

 

O espetáculo Para Aquilo Que Não Tem Nome acontece como um convite para o compartilhamento de poéticas corporais, provocadas pelos atravessamentos inspirados nas trajetórias e rituais pessoais, identificados no diálogo deste coletivo com a contemporaneidade, suas mudanças, potências e discursos.

 

Orientação artística: Ricardo Gali | Direção Artística: Flávia Fazzio | Direção e Coreografia: Vinícius Gil | Produção: Janaína Fazzio | Iluminação: Flávia Fazzio| Operação de som: Larissa Gomes | Elenco: Fernanda Ribeiro, Maria Alice Silva, Maria Reisewitz, Marcelo Magalhães e Vinícius Gil.

 



FlamencoBio

Soniquete Arte Flamenca (Campinas)

17h | Classificação: Livre | Duração: 50 minutos



Este espetáculo de dança flamenca tem como tema a condição feminina na contemporaneidade. Parte de depoimentos das intérpretes acerca desta questão e de danças solo e de grupo, acompanhadas de sons orquestrados pelas mesmas, convida os espectadores a experienciarem uma atmosfera de coletividade e suporte mútuo.

 

Orientação artística: Marta Soares | Direção: Mariana Abreu | Coreografia: Carla Abrahão, Clarita Sosa, Carlinhos Rowlands, Mariana Abreu e Priscila Nery | Elenco: Carla Abrahão, Clarita Sosa, Mariana Abreu e Priscila Nery.



Obs: retirar os ingressos com uma hora de antecedência no local das apresentações.



Compartilhamento de Processo 2019

A seguir, a etapa da Mostra de Dança aberta somente aos grupos e companhias dessa linguagem artística que passam pelas orientações do Programa de Qualificação em Artes, por isso o público não tem acesso nesta parte formativa.

 

Sexta-feira, 18 de outubro:

(R)existir antes de mais nada

Cia Corporarte (São Bernardo do Campo)

20h | Classificação: 12 anos | Duração: 40 min
Sobre(viver) neste mundo de angústias, caos e incertezas, carregados do desejo de queimar todos os sentimentos depreciativos da vida. Sobre(viver) ao anseio de matar todas as mentiras que já foram ditas, sabendo que pessoas são pessoas e destroem o mundo dia-a-dia, mas a gente acredita que tem solução. Sobre(viver) ao medo de falecer todos os dias um pouco mais e ter a capacidade de celebrar a (r)existência antes de mais nada, com todas as dores e delícias que isso traz.

 

Orientação artística: Bruna Spoladore | Direção e Cenografia: Paloma Natacia | Coreografia: Paloma Natacia e Cia Corporarte | Produção: Pedro Fontana e Paloma Natacia | Figurino: Cia Corporarte | Iluminação: Pedro Fontana | Sonoplastia: Francis Lima | Elenco: Jenifer Cardoso, Ana Caroline Nascimento, Fernanda Ruy, Victor Mendes, Michelle Etienne, Luciane Furlan, Paloma Natacia, Layse Melo.

 

ENGRAMAS

Núcleo de Dança Giracorpo (Bauru)
20h | Classificação: Livre | Duração: 45 minutos

 

Do nascimento à morte nossas experiências se tornam marcas cerebrais. Somos as emoções que nos transbordam, as sensações que nos tocam, as experiências que nos guiam, os códigos que nos constituem, os neurônios que nos conectam. Somos as memórias que armazenamos, somos o que lembramos! Somos Sinapses! Somos Engramas!

 

Orientação artística: Ivan Bernadelli | Direção: Merene Lobato e Lucia Lobato | Coreografia: Merene Lobato | Elenco: Amanda Orlato, Ana Julia Nunes, Beatriz Oliveira, Bettina Gomes, Gabriella Lima, Giovana Pereira, Giovanna Oliveira, Giulia Ito Silva, Julia Munhoz, Luiza Magalhães, Manuella Tripodi, Maria Eduarda Portela, Marina Andreolli, Merene Lobato e Rafaella Faria.

 

Sábado, 19 de outubro:

Mesa “A Experiência da Orientação no Programa de Qualificação em Artes – Dança”

10h | Classificação indicativa: livre

Mediação de Cássia Navas, Profª Drª do Instituto de Artes (IA) da Unicamp e consultora artístico-pedagógica em Dança do Programa de Qualificação em Artes



Mesa 1: com diretores/coreógrafos de grupos orientados

Mesa 2: artistas orientadores



Vivacidade

Videodança da Cia Harmonia (Limeira)

10h | Classificação: Livre | Duração: 3 minutos

 

Este videodança é inspirado no poema Cidade City Cité do poeta Augusto de Campos, tem como cenário um espaço abandonado, onde existia a indústria mais importante de Limeira, o que nos motivou a investigar as possibilidades de criação coreográfica utilizando os recursos do audiovisual e da arquitetura.

 

Orientação artística: Gabriel Tolgyesi | Orientação Vídeo e Imagens: Vinicius Cardoso | Coreografia: Harmonia Grupo de Dança | Produção: Gláucia Bilatto | Edição e Imagens: Guilherme Brito | Trilha Sonora: Guilherme Ribeiro Miranda | Elenco: Brenda Viana, Elias Duarte, Giovanna Menegueti, Giullia Menegueti, Leticia Castro e Rodolpho Bilatto.

 

Domingo, 20 de outubro:

ESPELHO D’ÁGUA

Núcleo Experimental de Dança Teatro – NEXDT (São José dos Campos)

14h | Classificação: 14 anos | Duração: 40 min

 

Em tempos sombrios quatro intérpretes criadores e um narrador experimentam olhares sobre seus corpos através do espelho d’água. No espelho refletimos o que somos e o que deixamos de ser.

 

Orientação artística: Maurício de Oliveira | Concepção e Direção: Marie Bueno | Diretor assistente: Roberval Rodolfo de Oliveira | Narrador: Victor D’Angelo | Produção: Marcos Vinícius | Apoio: Maycom Santiago | Cenografia: Marie Bueno e Roberval Rodolfo | Figurino: NEXDT | Concepção de Iluminação: Marie Bueno e Roberval Rodolfo | Técnico Iluminação: Bonny Ribeiro | Paisagem sonora: Almir Luz | Intérpretes criadores: Gustavo Fataki, José Liberato, Poliana Nunes, Tailliny Avila.



Endereço:



Auditório do Centro Educacional Integrado

Rua Cel. Sebastião Marcondes da Silva, nº 1, Centro, Santo Antônio do Pinhal - SP



SOBRE O PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES

É um programa de formação, voltado à orientação artística de grupos de teatro e de dança no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo.Com foco na ampliação de repertório, criação, experimentação e aperfeiçoamento artístico, tem o objetivo de potencializar a produção cênica por meio de oficinas, mostras e encontros com especialistas. O programa também contribui com a descentralização de polos culturais no estado de São Paulo e movimenta o circuito cultural dos municípios, ao qualificar artistas locais e promover a circulação de espetáculos.

O Qualificação em Artes integra as atividades das Oficinas Culturais, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, administrado pela Poiesis, que, desde 1986, promove formação e vivência à população no campo da cultura.

 

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Entrada Gratuita!

Informações:

Secretaria Municipal de Turismo - (12)3666-2595

Secretaria Municipal de Educação - (12)3666-1608